Aspectos Macroeconômicos

O vale do São Francisco abrange os estados de Minas Gerais, Bahia, Goiás, Pernambuco, Sergipe e Alagoas, além do Distrito Federal. Sua superfície é de 639.219,4 km2 (640.000 km2), sua população, em 1999, era de 15.545.866 (15,5 milhões) habitantes e abrange 503 municípios.

Dos 639.219,4 km2 do Vale, 235.471,3 km2 (36,8%) situam-se na região Sudeste (estado de Minas Gerais), 4.477,4 km2 (0,7%) situam-se na região Centro-Oeste (estado de Goiás e Distrito Federal) e o restante pertence à região Nordeste: são 399.270,7 km2 (62,5%), 5.643.790 habitantes (36,3%) e 259 municípios (51%). Incluídos no Polígono das Secas são 363.396,1 km2 (56,8%), 5.892.081 habitantes (37,9%) e 270 municípios (54%). Quanto ao Semi-Árido, são 335.945,5 km2 (52,6%), 5.244.241 habitantes (33,7%) e 241 municípios (48%). Com tais características geopolíticas, praticamente tudo que se refere ao Nordeste, ao Polígono das Secas e ao Semi-Árido é aplicável ao Vale.

No entanto, no que se refere aos aspectos populacionais, cabe informar que, apenas a região metropolitana de Belo Horizonte, formada por 26 municípios, com um total de 6.254,6 km2 e 4.100.906 habitantes, responde por 1,0% da área e por 26,4% da população do Vale. O produto interno bruto - PIB - do Nordeste deve ter alcançado, em 1994, um total da ordem de US$ 58,1 bilhões (preços de 1990), correspondentes a 13% do PIB brasileiro (estimado em US$ 447,3 bilhões). A população nordestina estimada em 44,8 milhões (1994), deve equivaler a 28,9% da brasileira (154,8 milhões). O PIB per capita da região, de US$ 1.298, representaria, assim, 45% do nacional (US$ 2.889). O Nordeste apresentaria, portanto, pela dimensão de seu PIB e de sua população, uma economia de porte razoável, com PIB equivalente ao de países como a Grécia ou a Venezuela e população superior a da Espanha, Coréia ou Argentina; em relação ao PIB per capita, se situaria, de acordo com classificação adotada pelo Banco Mundial, entre os de países de renda média baixa (próximo à Colômbia, Peru e Tunísia).

Continua >>