Canindé do São Francisco

Potencialidades Turísticas

Na zona rural existem importantes sítios arqueológicos, com inscrições rupestres, trilhas, praias e ilhas fluviais. A usina hidrelétrica de Xingó, lago, museu, casa de farinha. A Estação Ecológica da Usina Hidrelétrica de Xingó encontra,se em fase de regulamentação.

Equipamentos e Serviços Turísticos

Hotéis (um Hotel de 4 estrelas)
Pousadas
Bares, lanchonetes, sorveterias e restaurantes
Locadora de barcos
Passeios de catamarã
Agência de viagem

Área Destinada para Investimentos

Dispõe de área para instalação de projetos industriais, turísticos e agrícolas, assim como política de incentivos fiscais.

Principais Atrativos

Passeio de Catamarã até o Riacho do Talhado - O catamarã fica ancorado próximo ao Dique II. Na saída o visitante já pode apreciar a beleza da paisagem. Durante o percurso pode-se saborear a deliciosa pituzada, servida aos passageiros. O canyon vai surgindo à medida que o barco navega em direção ao Riacho. No percurso até o riacho do Talhado, com duração de 1 hora, pode-se observar ilhas fluviais habitadas por animais típicos da caatinga e aves, principalmente garças. Os imensos paredões do canyon, com alturas que variam entre 40 e 80 metros, dão a impressão de terem sido esculpidos à mão, trabalhados pela erosão durante centenas de anos. O barco fica ancorado no Riacho durante 30 minutos, para banho e mergulho. O atrativo é denominado "Paraíso do Talhado", pela sua beleza singular. O silêncio reinante dá um certo ar de mistério à paisagem.


Ninhal das Garças - No Lago da Usina Hidrelétrica de Xingó existe uma ilhota localizada em frente ao Dique II, onde se concentram cerca de 8.000 aves aquáticas que utilizam o lago para reprodução. Durante 40 dias fica suspenso o enchimento do lago para possibilitar que as aves ponham seus ovos e os filhotes alcancem idade mínima para vôo. Destaca-se a presença das seguintes espécies: garça-branca-grande, garça-branca-pequena, garça boiadeira, sabacu, biguá e biguatinga. Com o enchimento do Lago de Xingó, as árvores ficaram submersas, aparecendo apenas suas copas de galhos sem folhas e é para esse ninhal que retornam as aves, todos os dias, ao pôr do sol, proporcionando um espetáculo de rara beleza. Outro ninhal está localizado numa pequena ilha próxima ao Dique I. Este é o local preferido das aves para reprodução. A ilha possui uma vegetação de caatinga e, ao final da tarde, oferece o belo espetáculo do pouso das aves para o descanso noturno. As árvores ficam inteiramente brancas, cobertas pelas garças.

Prainha - Praia fluvial com extensão de aproximadamente 100 m, apresentando uma vegetação típica de caatinga. Propícia para banho (apesar de média correnteza), apresenta uma morfologia suavemente plana, com areia fina e de cor dourada. Ancoragem de forma natural para embarcações de pequeno porte, A Prainha está localizada numa área privilegiada, pois pode-se avistar os vertedouros das barragens, os quais, quando abertos, proporcionam aos visitantes o espetáculo das quedas d -água,

Passeio de Catamarã até Paulo Afonso - O catamarã fica ancorado próximo ao Dique II. Na saída o visitante já. pode apreciar a beleza da paisagem. Durante o percurso até Paulo Afonso pode-se saborear a deliciosa pituzada, servida aos passageiros. Os imensos paredões de granito do canyon, com alturas que variam entre 40 e 80 metros, dão a impressão de terem sido esculpidos à mão, trabalhados pela erosão durante centenas de anos. No percurso pode-se observar ilhas fluviais habitadas por animais típicos da caatinga e aves, principalmente garças.

Sítio Arqueológico do Letreiro - Está situado na Fazenda Letreiro e o acesso é feito por uma trilha dentro da caatinga. Trata-se de uma grande formação rochosa de granito onde existe um abrigo encravado na rocha que protegeu as pinturas rupestres da luz do sol, ao longo de centenas de anos. As pinturas são vestígios da ocupação de povos pré-históricos que habitaram o local e descreveram sua época em figuras que retratam hábitos e costumes. O atrativo integra o conjunto de sítios arqueológicos existentes na região.

Sítio Arqueológico do Vale dos Mestres - sítio faz parte da Estação de Xingó e está localizado na Fazenda Poço Verde. O percurso para se chegar ao atrativo tem uma extensão de aproximadamente 500 m seguindo pelo leito do rio. Após os 100 m iniciais, pode-se avistar paredões rochosos trabalhados pela erosão, transformando o local num cenário inesquecível. O sítio arqueológico é formado por três abrigos encravados no sopé dos paredões à margem direita do riacho. Nestes abrigos encontram-se as inscrições. O atrativo faz parte do conjunto de sítios arqueológicos existentes na região. O Vale os Mestres e o Sítio do Letreiro não estão sendo turisticamente explorados.

Dique II - Obra de engenharia com estrutura de enrocamento, construído em rocha de granito, com aproximadamente 800 metros de extensão. No seu entorno a vegetação é de cactos, como facheiro, mandacaru, caxacubri, além de bromélias como a macambira. O Dique é um dos locais de observação do Ninhal das Garças (ver descrição desse atrativo do município).

Dique III -Obra de engenharia construída de enrocamento, em rocha de granito, localizada próxima ao Dique II. Localizam-se, ao lado, tanques utilizados para a criação de peixes das espécies tilápia e dourado.

Ilha da Espera -A Ilha apresenta vegetação arbustiva aberta, com árvores de pequeno porte: barriguda, juazeiro, cactáceas mandacaru, faxeiro, xique-xique e coroa de frade, entre outras. De relevo suavemente ondulado e ocorrência de praias fluviais com areias avermelhadas, alguns destes locais são apropriados para banhos e ancoragem de pequenas embarcações. O proprietário vem promovendo o povoamento com animais silvestres e tem organizando roteiros turísticos.

Ecomuseu - O museu funciona no Hotel Xingó (4 estrelas), localizado num dos pontos mais elevados da Serra do Chapéu de Couro, permitindo assim, uma das vistas mais privilegiadas da região. De lá, avista.-se o Bairro de Xingó e parte do sítio histórico de Piranhas-AL, o vertedouro da UHE, a ponte que une os Estados de Sergipe e Alagoas, além do rio São Francisco. O museu tem no seu entorno jardins muito bem cuidados, onde predominam os cactos, macambiras e coroas-de-frade. Há também bancos em alvenaria distribuídos pelo jardim e um mirante para que se possa desfrutar da vista de excepcional beleza. Toda a área é muito bem iluminada. O acervo do museu é constituído de peças provenientes do salvamento arqueológico do Sítio do Justino, inundado quando do enchimento do Lago. São artefatos de madeira, pedra, osso e concha, restos alimentares, peças de cerâmica utilitária e decorativa. Há. fotografias das pinturas rupestres encontradas na região e ainda a exposição de amostras, dissecadas da flora. O Ecomuseu funciona diariamente, exceto às terças- feiras, no horário das 8:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 17:00 horas.

Perímetro Irrigado Califórnia - O Perímetro Irrigado Califórnia é constituído por duas antigas fazendas, Cuiabá e Califórnia, desapropriadas pelo Governo do Estado em 1984. Sua construção foi iniciada em 1985 e concluída em março de 1987. A área total do perímetro é de 3.980 ha, onde é praticada a agricultura irrigada e de sequeiro. O Projeto Califórnia foi planejado para ser o modelo de exploração racional de solo e água no semi,árido nordestino. O Perímetro Califórnia está subdividido em 333 lotes. Nas áreas irrigáveis é utilizada a tecnologia de irrigação por aspersão. As principais culturas exploradas são do quiabo, milho, feijão (anão), abóbora, aipim, tomate e amendoim, além de mamão, goiaba, banana, acerola, pinha e graviola.

Trilha da Gruta de Angicos - O passeio à Gruta de Angicos é uma caminhada ecológica. A alguns metros do rio, no início da trilha que leva à gruta, encontra-se uma casa de taipa que reconstitui, junto à vegetação de caatinga, o cenário da época do cangaço. A trilha é bem conservada. Sua extensão é de 750 metros, com percurso de 40 minutos de caminhada. A gruta, que está localizada num pequeno vale às margens do riacho, é um abrigo encravado numa formação rochosa e está cercada por uma flora predominantemente de caatinga com várias espécies arbóreas como: catingueira, juazeiro, angicos, macambira e mandacaru. Angicos foi o local de refúgio e morte do líder do Cangaço, Lampião e sua mulher, Maria Bonita, na década de 30.

Outros Locais de Interesse

Capela de Padre Cícero
Igreja de Nossa Senhora da Conceição
Igreja de São Francisco de Assis
Casa de Farinha do Sr. Luiz
Praça Ananias Fernandes
Praça do Aterro
Praça do Fórum

Artesanato

Bordados (ponto de cruz, redendê)
Crochê
Esculturas em madeira
Tapeçaria em sacos de algodão

Folclore

Cavalhada
Vaquejada
Dança de São Gonçalo
Quadrilha
Pastoril

Gastronomia

Bode assado e guisado
Moqueca de surubim
Moqueca de pitu
Pitu assado na manteiga
Peixada
Peixe frito
Galinha guisada
Doce de leite
Doce de banana

Festas Populares

Festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição
Canindé Fest
Festa de Emancipação do município
Festa de Aniversário da Nova Canindé
Festival da Canção
Carnaval
Festas de Santo Antônio, São João e São Pedro

Informações Sobre o Município

Prefeitura: Praça Ananias Fernandes, S/N -Centro
Cep.: 49.820-000
Fone: (079) 346-1241 - Fax: (079) 346-1317
Órgão Municipal de Turismo: Secretaria de Turismo
Av. João Alves Filho, S/N -Centro -Cep.: 49.820-000
Fone: (079) 346-1319 - Fax: (079) 346-1317
Distância da Capital: 213 Km
Rodovias de Acesso: BR- 101/SE-206 (pavimentadas, em bom estado de conservação)
Área: 908,2 Km2
Altitude: 235 metros
População: 14.513 Habitantes - Censo: 1996 Temperatura Média Anual: 32° C
Meses de Maior Incidência de Chuvas: Abril a. Julho
Principais Atividades Econômicas: Agricultura e Pecuária.